Amanhã, onde vamos?
Há Festa na Aldeia – Porto Carvoeiro

Há Festa na Aldeia – Porto Carvoeiro

Conhecemos recentemente o projeto Há Festa na Aldeia, sendo que a primeira festa na qual marcámos presença no âmbito deste projeto foi na Aldeia de Areja. Como explicado no artigo Há Festa na Aldeia – Areja, Há Festa na Aldeia é um projeto de desenvolvimento rural dinamizado pela ATA – Associação de Turismo de Aldeia, em parceria com as Associações de Desenvolvimento Local. Este projeto procura mostrar o que de melhor existe nas aldeias, desde o património à gastronomia, das músicas regionais ao artesanato. É um projeto que tem vindo a crescer e a atrair muitas pessoas às aldeias do nosso país. A Aldeia de Porto Carvoeiro é uma das várias aldeias que integra a rede de Aldeias de Portugal e também o projeto Há Festa na Aldeia. Este ano, a Aldeia do Porto Carvoeiro esteve em festa nos dias 12 e 13 de Agosto.

A Aldeia de Porto Carvoeiro, situa-se na margem esquerda do Rio Douro, pertence à freguesia de Canedo, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro. No passado, a Aldeia de Porto Carvoeiro foi um importante entreposto comercial, um dos locais de maior dinâmica comercial do concelho. Os barcos rebelos vindos do Porto e de Gaia traziam até este porto diversas mercadorias, sobretudo alimentos, que eram depois distribuídas por todo o concelho, em carros de bois. No regresso carregavam madeira e carvão.

A proximidade desta aldeia à água desenvolveu a atividade piscatória, nomeadamente da lampreia, do sável, do barbo, da savelha e do muge. A Aldeia do Porto Carvoeiro é ainda um local  privilegiado para práticas de lazer e desporto fluvial, sendo também um lugar agradável para descansar e conhecer as histórias locais através dos seus habitantes.

Durante a festa levada a cabo pelo projeto Há Festa na Aldeia assistimos ao concerto do grupo Charanga. Talentosos, divertidos, simpáticos e diferentes! Gostámos muito! Quando começaram a cantar o pensamento que me ocorreu foi “Há aqui muito talento”. Talvez voltemos a encontrar o grupo Charanga numa outra aldeia do nosso país.

Gosto sempre de comprar algo nestas festas. Para além de adorar colecionar “qualquer coisinha” dos locais por onde passo, valorizo muito o artesanato. Por isso, faço sempre questão de visitar as barraquinhas que marcam presença neste tipo de festas. Comprámos mel e um íman (adoro ímans) com a frase “Deus me dê paciência e um paninho para a embrulhar”. Toda a gente já teve este pensamento, certamente.

Sigam no Facebook o projeto Há Festa na Aldeia https://www.facebook.com/hafestanaaldeia/. Não conhecemos a organização, divulgamos por vale mesmo muito a pena. As aldeias não podem morrer e todos nós podemos fazer algo para que isso não aconteça.

Aqui ficam mais algumas fotos desta nossa visita à Aldeia de Porto Carvoeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to Top