Amanhã, onde vamos?
Restaurante Lindolfo

Restaurante Lindolfo

Hoje o artigo é diferente. É o nosso 15º artigo e queremos dar a conhecer aos nossos leitores o Restaurante Lindolfo. O Restaurante Lindolfo tinha de ser o primeiro restaurante a ser detalhadamente apresentado neste nosso cantinho por dois motivos: é o meu restaurante favorito há muitos anos e foi o primeiro restaurante que visitámos desde que o Dani terminou os internamentos no IPO. Os cuidados com as refeições fora de casa têm de estar sempre presentes e ele já sabe que comigo só poderá ir durante um bom tempo ao Lindolfo! Acho que não é preciso dizer mais para se perceber o quanto confio nesta casa. No entanto, tenho ainda tanto para dizer e mostrar que não posso ficar aqui…

Conheci este magnífico restaurante quando tinha 14 anos numa boda de casamento de um casal que são meus amigos ainda hoje. Saí do restaurante com a convição de que era “o meu restaurante favorito”.

Já passaram uns bons anos, já conheci muitos outros restaurantes, alguns muito bons e que estão na minha lista de favoritos, mas o Restaurante Lindolfo continua a ser o meu restaurante favorito. Depois desse casamento, já aqui vim a outros eventos (batizados e comunhões), já vim com familiares e também com amigos. “Temos de ir ao Lindolfo que já tenho saudades daquela comida tão boa, vê se marcas aí um jantar” – disse-me há dias uma amiga. Curioso, no dia seguinte, outra amiga disse-me algo semelhante. As minhas melhores amigas também adoram o Lindolfo.

Antes que alguém possa pensar que este artigo me foi “encomendado”… óbvio que não. Escrevo com alma e com as emoções que sinto, posso um dia escrever porque me pediram, contudo, por agora, é um talento que ainda não tenho.

No passado sábado, fui a um evento no Lindolfo (comunhão de um dos filhos do casal que me fez conhecer este restaurante quando tinha 14 anos) e fui ter com o filho do proprietário perguntar-lhe se não se importava que eu escrevesse um artigo sobre o restaurante para o meu blog. Perguntei-lhe ainda se podia fotografar vários pormenores do restaurante. Disse-me que podia estar à vontade e fotografar tudo que quisesse.

Mas então onde fica este maravilhoso restaurante?
No concelho de Oliveira de Azeméis, mais propriamente na Rua Villa Cesari, nº 45, em Cesar.

Atualmente abre apenas à sexta-feira (jantar), sábado (almoço e jantar) e domingo (almoço). É aconselhada reserva.

Lembra-se de ver há uns anos na Praça da Alegria (RTP), o “Chef” Lindolfo Ribeiro participando em rúbricas de culinária? Alguns certamente, lembrar-se-ão. É este senhor, o “Chef” Lindolfo Ribeiro, que confeciona muitos dos pratos desta casa.

O Restaurante Lindolfo tem atualmente serviço de Take-Away, restaurante e banquetes (casamentos, batizados, comunhões, aniversários). As entradas deste restaurante são absolutamente divinais! Eu faço parte do grupo de pessoas que se delicia com tantas e apetitosas entradas, o que torna por vezes difícil desfrutar do prato principal.

Os pratos típicos são diversos: Papas de S. Miguel; Vitela e Cabrito assados em forno a lenha; Rojoada da Tia Viúva; Filetes de Garoupa com molho de Camarão; Bacalhau com puré e broa; Filetes de Polvo com arroz do mesmo, … Nós gostamos muito de um prato que tem por nome “Bife na cama de pão d’Ul com molho de cerveja”. É maravilhoso! Relativamente às sobremesas também estas são variadas e divinais. De destacar as rabanadas, o creme queimado, a aletria, o bolo de noz, o rolo de chocolate e as tão famosas fitas de carpinteiro.

Tudo neste restaurante me encanta. Não é só a qualidade da comida, algo de facto inquestionável. É mais do que isso… muito mais. O Restaurante Lindolfo é belo, em todos os sentidos. É um espaço cheio de detalhes, aos quais os mais sensíveis não poderão ficar indiferentes. A decoração é rústica e pensada ao pormenor. Aqui poderá apreciar diversas peças antigas, cheias de história. Para além disso, é um restaurante aconchegante, onde somos muito bem recebidos. Há aqui um pormenor muito importante: no Restaurante Lindolfo sentimos que toda a equipa se preocupa de facto com o cliente, não se trata apenas de simpatia, é bem mais do que isso. E isto não se encontra em qualquer restaurante. Quando saímos, fica apenas uma vontade: voltar!

 

2 Responses

    1. Boa tarde Sónia!!
      Sim, tem de voltar porque existem ainda imensos pratos (e entradas!!!) maravilhosos para provar 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to Top