Amanhã, onde vamos?
Curia – Parque, Termas e Hotel

Curia – Parque, Termas e Hotel

A Curia em pleno coração da Bairrada, pertence à freguesia de Tamengos (concelho de Anadia, distrito de Aveiro) e é um lugar onde o verde predomina e os pontos de interesse são vários sendo um espaço que convida ao convívio e ao descanso.

O que nos levou a querer visitar a Curia no primeiro domingo do mês de Abril foi o Parque, o tão conhecido Parque da Curia. Já o tinha visitado em criança mas apetecia-me voltar. O Parque da Curia, para além do Hotel das Termas, possui um lago artificial, onde é possível passear numa embarcação, com pedais, para duas pessoas (gaivotas), sendo esta uma das principais atrações deste parque. No entanto, quando lá chegámos ficámos surpreendidos ao percebermos que não era possível realizar esse passeio no lago. Estranhámos o facto de não se encontrar ninguém a pedalar nas gaivotas tal como estranhámos o facto de termos visto somente duas gaivotas perdidas no lago. Provavelmente, há um período específico para realizar estes passeios no lago, o que desconhecíamos.

No parque predomina um ambiente romântico proporcionando aos seus visitantes longos e pausados passeios ao ar livre, em contacto com a natureza. A existência de inúmeros bancos ao longo do parque é uma espécie de convite à reflexão, como se nos dissessem “sentem-se, não tenham pressa, não olhem apenas, observem, não ouçam apenas, escutem.” A beleza do lago, da vegetação e o cantar dos pássaros merecem ser apreciados. São muitos os sons que se escondem por detrás da vegetação, sendo certo que os mais entendidos, com a devida atenção, perceberão a que espécies pertencem determinados “cânticos”. Existe também uma zona merendas ideal para quem deseja passar o dia a desfrutar do parque. E os mais pequenos poderão ainda divertir-se num parque infantil.

Outra das atrações da Curia são as tão famosas termas. O conhecimento das propriedades curativas da água da Curia é antigo, uma vez que já os Romanos a designavam como Aquae Curiva – água que cura. Este complexo termal fornece tratamentos especializados para combater doenças metabólico-endócrinas, cálculos e infeções urinárias, hipertensão arterial, doenças reumáticas e músculo-esqueléticas, doenças do aparelho circulatório, etc.

Nos tratamentos são aplicadas as mais diversas técnicas de ingestão oral de água, banhos de imersão com duche subaquático e bolha de ar, duches escoceses de jato ou crivo, circular ou de leque, hidromassagem automática, sauna, piscina de reabilitação, ginásio com mecanoterapia, massagens, eletroterapia, trações, ultrassons, ondas curtas, micro-ondas, ultravioletas, infravermelhos, etc.

As Termas da Curia são procuradas tanto para curas termais bem como para férias relaxantes.

Hotel Termas da Curia

O Hotel Termas da Curia, inserido no complexo turístico das Termas da Curia tem 102 quartos de decoração clássica com vistas para o Parque. A tipologia dos quartos (standard, júnior suite ou suite) permite acolher clientes que viajam sozinhos, a dois ou com a família. Todos os quartos estão equipados com: televisão, mini-bar, ar condicionado individual, telefone direto, casa de banho com duche e banheira e secador de cabelo. O hotel dispõe ainda de restaurante, bar, piscina, bem como salas de reunião para eventos privados.

Para quem gosta de estar em contacto com a natureza o complexo turístico da Curia é sem dúvida um local a visitar. A sua beleza é inquestionável. Contudo, viemos embora com a sensação de que todo o espaço podia ser melhor aproveitado. Talvez na altura do Verão dinamizem mais o espaço. Não era possível fazer os passeios de gaivota e o café encontrava-se encerrado. Voltaremos certamente para realizar o passeio de gaivota.

Antes de partirmos para a Barragem da Gralheira decidimos visitar a estação de comboio da Curia bem como uma loja que se encontra junto à estação. Alertamos para o facto de nesta loja encontrarem-se à venda imensas coisas maravilhosas (biscoitos, compotas, conservas, vinhos, peças de artesanato, e muito, muito mais). Difícil será escolher o que comprar.

Adeus Curia! Agora, faça connosco uma viagem de cerca de 20 minutos, que para si está à distância de um clique e venha conhecer a lindíssima Barragem da Gralheira.
*Passeio realizado no dia 2 de Abril de 2017

One Response

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to Top